Ministro da Injustiça quer não resolver o problema da violência

O ministro da injustiça, vulgo ministro da justiça, resolveu dizer na Organização do Estados Americano(OEA) que a culpa da violência é da cultura, desigualdade, jogos violentos e o fato das pessoas terem armas. Qual a solução para tudo isso de verdade? A Justiça.
Bem nossa justiça ocidental é baseada na Justiça Romana, algo que indiretamente foi citado por Jesus e de certa forma elogiado por ele.

Mateus 5:25″Entre em acordo depressa com seu adversário que pretende levá-lo ao tribunal. Faça isso enquanto ainda estiver com ele a caminho, pois, caso contrário, ele poderá entregá-lo ao juiz, e o juiz ao guarda, e você poderá ser jogado na prisão.26 Eu garanto que você não sairá de lá enquanto não pagar o último centavo.

Era comum na justiça romana existirem acordos entre as partes antes de entrar em julgamento, claro alguns podem citar o fato dela ter mandado matar Jesus, porém o próprio governador Romano disse que Jesus não tinha culpa nenhuma.

Lucas 23:14 Disse-lhes: Haveis-me apresentado este homem como pervertedor do povo; e eis que, examinando-o na vossa presença, nenhuma culpa, das de que o acusais, acho neste homem.

Jesus foi preso pela justiça corrupta e mentirosa, e que ainda soltou um criminoso perigoso.

Mateus 26:60
Mateus 27:26

A justiça tão citada na Bíblia, ainda é para nós a única solução para violência, para isso é necessário investigações mais eficientes e o criminoso precisa ter certeza de punição, o Ministro da Injustiça(Vulgo Ministro da Justiça) propõe soluções, que serão caras, e ineficientes para resolver o real problema e que podem até piorar a situação.

Anúncios

A liberdade é pura, mas tem um porém.

A nossa liberdade é completa, porém a liberdade pura é impossível, pois se todos são livres, quem irá impedir que alguém seja livre para tirar a sua liberdade? Por isso existe a justiça, a justiça ainda é necessária, quase toda a autoridade e governo é questionável, mas a justiça não, ela é essencial a liberdade.
Pois os governantes não devem ser temidos, a não ser pelos que praticam o mal. Você quer viver livre do medo da autoridade? Pratique o bem, e ela o enaltecerá.
Pois é serva de Deus para o seu bem. Mas se você praticar o mal, tenha medo, pois ela não porta a espada sem motivo. É serva de Deus, agente da justiça para punir quem pratica o mal.
Romanos 13:3,4

Podemos como cristãos lutar por um sistema de governo mais livre, mas existem muitos que querem a liberdade para:
1 – Impedir a livre movimentação de pessoas.
2 – Ter a liberdade de escolher se seu filho deve viver ou não, por qualquer motivo.
3 – Ter bens ou propriedades sem um livre acordo, apenas mandando matar ou pegar sem pedir.

A Justiça, opera pela nossa liberdade e precisamos dela para continuar sendo livres, ainda que você seja limitado em alguns aspectos, esses aspectos pode apenas ser um mal que existe em você.

 

A guerra pela liberdade

Quando falamos em guerra, é comum que no vocabulário, falarmos de liberdade, mas não existe guerra que funcione se a mentalidade daquele povo não for de liberdade, é preciso ter uma mente livre, do mesmo jeito é a igreja, e existe uma guerra, e há três coisas que militam contra a sua liberdade.

Os membros e lideres da igreja.

Gálatas 4:17 Os que fazem tanto esforço para agradá-los, não agem bem, mas querem isolá-los a fim de que vocês também mostrem zelo por eles.

Alguns pregadores e lideres ensinam sobre a liberdade, condenando as regras e doutrinas de outras igrejas, mas toda a pregação deles é repleto de novas regras e doutrinas, no fim o que querem é que você abandone os seus preceitos cristãos, e sigam seus novos preceitos humanos, ainda que parecem espirituais. A liberdade não é o fim das regras e ordens, elas são necessárias para que a congregação tenha uma mente única, não existe liberdade sem uma base, uma regra, um conceito, não se fala em liberdade humana, sem a base filosófica da democracia, do mesmo jeito não se fala de liberdade espiritual sem Cristo e o que ele disse.

O mundo.

Mateus 5:13-14 “Vocês são o sal da terra. Mas, se o sal perder o seu sabor, como restaurá-lo? Não servirá para nada, exceto para ser jogado fora e pisado pelos homens. “Vocês são a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte.

Nos somos a alternativa do mundo, não o mundo nossa alternativa, muita vezes o mundo que induzir conceitos humanos na igreja, ter o pensamento do mundo e agir como age o mundo é a receita para destruir nossa liberdade, podemos fazer mais que o mundo. O que mais limita o cristão, não são as regras e sim o medo de desagradar o mundo.

A carne.

Gálatas 5:13 Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor.17 Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis.

Nada tira mais a sua liberdade, que sua carne, principalmente nossos pensamentos, precisamos ter a mente de Cristo. 1 Coríntios 2:16. Muitas vezes nossos pensamentos humanos, é o que mais nos engana, então tomemos cuidado com eles, não é questão de pecado ou não, nossa guerra vai além do disso, o pecado pode até ser uma ferramenta de alerta, mas tudo vem da nossa mente e dos conceitos que aceitamos como o certo. Lembrando que a carne é controlada pelo cérebro, nossos órgãos não pensam por conta própria e nem tem vontade própria.

Seria prudente tratar o maior problema da Igreja nos dias atuais, estimulando ele?

É impossível não falar do maior problema da Igreja atual, a falta de amor, e o que seria oposto ao amor? O ódio?

O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
1 Coríntios 13:4,5
Claro o maior exemplo de amor que temos vem de Cristo, que se entregou por nós, mas quando vemos algumas características do amor, vemos três que podemos notar bem,”o amor não é invejoso”, “não se ensoberbece” e “não busca os seus interesses”, isso deixa quase claro que o amor é oposto ao egoísmo, a preocupação com o Eu.
E qual é o maior problema da igreja hoje? Justamente o fato de fazer tanta questão de pregar palavras bonitas ao ouvido e ao desejo humano, dizer que a pessoa é especial, ela é o cara(claro não com essas palavras), em alguns casos até colocar a pessoa como Deus, nunca diretamente, mas com palavras que remetem a isso; com a justificativa que a pessoa precisa se sentir melhor, ter mais autoestima, quando não percebemos que é justamente por causa do nosso egoísmo que ficamos tristes, quando vemos que não somos tudo aquilo que nosso orgulho pensa em ser, ficamos mal, tratamos o problema, com outro pior ainda, mas no fim das contas, o que querem esses pregadores é justamente poder ter soberba, pois sabem que esse tipo de palavra gera muito mais ouvintes do que a verdade.

A Ceia do Senhor ainda é entendida de forma errada

De sorte que, quando vos ajuntais num lugar, não é para comer a ceia do Senhor.
Porque, comendo, cada um toma antecipadamente a sua própria ceia; e assim um tem fome e outro embriaga-se.
1 Coríntios 11:20,21
Aqui já vemos o motivo da repreensão em relação a ceia no capitulo 11, eles não participavam da ceia, porque faziam de modo errado e por que faziam de modo errado?
Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o novo testamento no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que beberdes, em memória de mim.
Porque todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice anunciais a morte do Senhor, até que venha.
1 Coríntios 11:25,26
Tomar a ceia em memória de Cristo, é o real motivo de tomarmos a ceia, foi para isso que foi criada.

29 Porque o que come e bebe indignamente, come e bebe para sua própria condenação, não discernindo o corpo do Senhor.

Paulo usou a palavra “indignamente” não para se referi a pecado, pois todos somos pecadores, ele usou essa palavra para se referi as pessoas que não estavam tendo a devida reverência durante a Ceia do Senhor, ainda existem pessoas que entende de forma diferente, seja qual for a justificativa, ainda que ele já ache que não é bom tomar a Ceia em pecado, independente desse texto, ainda assim é bom falar e interpretar de forma correta.

Lembrando também que Paulo mandou examinar o homem a si mesmo, pois memória é algo pessoal e intimo.

28 Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão e beba deste cálice.

Qual a opnião politica sensata? A verdade

          ­     Em tempos conturbados da politica no Brasil, não existe guerra de ideológica, não existe quem é menos corrupto ou mais, é necessário a verdade, que a população saiba a verdade, que o pais lute por ela, que a verdade, seja aquilo que nos conduz sempre, no final acabamos sempre vendo que é esse é único bom caminho.

Assim, mantenham-se firmes, cingindo-se com o cinto da verdade, vestindo a couraça da justiça

Efésios 6:14