A guerra pela liberdade

Quando falamos em guerra, é comum que no vocabulário, falarmos de liberdade, mas não existe guerra que funcione se a mentalidade daquele povo não for de liberdade, é preciso ter uma mente livre, do mesmo jeito é a igreja, e existe uma guerra, e há três coisas que militam contra a sua liberdade.

Os membros e lideres da igreja.

Gálatas 4:17 Os que fazem tanto esforço para agradá-los, não agem bem, mas querem isolá-los a fim de que vocês também mostrem zelo por eles.

Alguns pregadores e lideres ensinam sobre a liberdade, condenando as regras e doutrinas de outras igrejas, mas toda a pregação deles é repleto de novas regras e doutrinas, no fim o que querem é que você abandone os seus preceitos cristãos, e sigam seus novos preceitos humanos, ainda que parecem espirituais. A liberdade não é o fim das regras e ordens, elas são necessárias para que a congregação tenha uma mente única, não existe liberdade sem uma base, uma regra, um conceito, não se fala em liberdade humana, sem a base filosófica da democracia, do mesmo jeito não se fala de liberdade espiritual sem Cristo e o que ele disse.

O mundo.

Mateus 5:13-14 “Vocês são o sal da terra. Mas, se o sal perder o seu sabor, como restaurá-lo? Não servirá para nada, exceto para ser jogado fora e pisado pelos homens. “Vocês são a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte.

Nos somos a alternativa do mundo, não o mundo nossa alternativa, muita vezes o mundo que induzir conceitos humanos na igreja, ter o pensamento do mundo e agir como age o mundo é a receita para destruir nossa liberdade, podemos fazer mais que o mundo. O que mais limita o cristão, não são as regras e sim o medo de desagradar o mundo.

A carne.

Gálatas 5:13 Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor.17 Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis.

Nada tira mais a sua liberdade, que sua carne, principalmente nossos pensamentos, precisamos ter a mente de Cristo. 1 Coríntios 2:16. Muitas vezes nossos pensamentos humanos, é o que mais nos engana, então tomemos cuidado com eles, não é questão de pecado ou não, nossa guerra vai além do disso, o pecado pode até ser uma ferramenta de alerta, mas tudo vem da nossa mente e dos conceitos que aceitamos como o certo. Lembrando que a carne é controlada pelo cérebro, nossos órgãos não pensam por conta própria e nem tem vontade própria.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s